Povo Mehinako

Povo Mehinako. Aldeia Utawana. Mato Grosso. População de menos de 300 pessoas

Povo Xavante

Povo Xavante. Ritual Wai'á. Terra indígena Pimentel Barbosa. Serra do Roncador. Canarana. Mato Grosso. 210 pessoas na aldeia

Povo Yawanawá (dia)

Povo Yanawaná. Bira Yawanawá. Terra Indígena Gregório Rosário. Acre. População de menos de 1000 pessoas

Povo Yawanawá (noite)

Povo Yanawaná. Bira Yawanawá. Terra Indígena Gregório Rosário. Acre. População de menos de 1000 pessoas

Povo Huni Kuin

Povo Huni Kuin. Povo Kaxinawá. Guardiões Huni Kuin. Ritual no Rio de Janeiro. Acre. População de 11.000 Huni Kuin

Povo Krahô

Aldeia Multiétnica. Culturas Ameríndias. Povo Krahô. Povo Fulni-ô. Povo Kayapó. Povo Kariri Xocó. Vila de São Jorge. Chapada dos Veadeiros. Goiás

Povo Fulni-ô

Aldeia Multiétnica. Culturas Ameríndias. Povo Krahô. Povo Fulni-ô. Povo Kayapó. Povo Kariri Xocó. Vila de São Jorge. Chapada dos Veadeiros. Goiás

Povo Yawalapiti

Aldeia Multiétnica. Culturas Ameríndias. Povo Krahô. Povo Fulni-ô. Povo Kayapó. Povo Kariri Xocó. Vila de São Jorge. Chapada dos Veadeiros. Goiás

Povo Xavante

Aldeia Multiétnica. Culturas Ameríndias. Povo Krahô. Povo Fulni-ô. Povo Kayapó. Povo Kariri Xocó. Vila de São Jorge. Chapada dos Veadeiros. Goiás

Povo Kariri-Xocó

Aldeia Multiétnica. Culturas Ameríndias. Povo Krahô. Povo Fulni-ô. Povo Kayapó. Povo Kariri Xocó. Vila de São Jorge. Chapada dos Veadeiros. Goiás

Povo Kayapó

Aldeia Multiétnica. Culturas Ameríndias. Povo Krahô. Povo Fulni-ô. Povo Kayapó. Povo Kariri Xocó. Vila de São Jorge. Chapada dos Veadeiros. Goiás

Círio de Nazaré

Círio de Nazaré. Procissão. Catolicismo. Fafá e Gaby. Belém. Pará. Amazônia. Outubro. 2 milhões de pessoas

Semana Santa

Semana Santa. Fogaréu. Catolicismo Popular. Goiás Velho. GO. Quinta-feira Santa. Desde 1745

Serenatas de Goiás Velho

Semana Santa. Fogaréu. Catolicismo Popular. Goiás Velho. GO. Quinta-feira Santa. Desde 1745

Bom Jesus da Lapa

Romaria a Bom Jesus da Lapa. Catolicismo. Bom Jesus da Lapa. Bahia. 01 de agosto. Desde o século XVII. 700 mil romeiros por ano

Romaria de Padre Cícero

Romaria de Padre Cícero. Procissão. Catolicismo. Juazeiro do Norte. Cariri. Ceará. Desde 1889. 500 mil pessoas

Basílica da Penha

Festa de Nossa Senhora da Penha. Catolicismo Popular. Basílica Nossa Senhora da Penha. Bairro da Penha. Rio de Janeiro

Igreja da Libertação

Cerimônia Lava-Pés. Igreja da Libertação. Goiás Velho.

Folia de Reis Santa Marta

Folia de Reis Penitentes de Santa Marta. Mestre Riquinho. Mestre palhaço Ronaldo. Favela de Santa Marta. Rio de Janeiro. 25 de dezembro

Festa de Obaluaê

Obrigação a Obaluaê. Candomblé. Afro Brasil. Pai Duda. Cachoeira. Bahia. Julho

Festa de Xangô

Festa das Ayabás. Candomblé. Afro Brasil. Mãe de santo francesa Gisèle Omindarewá. Santa Cruz da Serra. Baixada Fluminense. Rio de Janeiro. Novembro

Festa das Ayabás

Festa das Ayabás. Candomblé. Afro Brasil. Mãe de santo francesa Gisèle Omindarewá. Santa Cruz da Serra. Baixada Fluminense. Rio de Janeiro. Novembro

Festa de Oxum

Xambá. Afro Brasil. Toque de Oxum no Terreiro de Xambá. Babalorixá Ivo da Xambá. Yalorixá Mãe Lourdes da Xambá. Comunidade Xambá. Grupo Bongar. Guitinho Bongar. Olinda. Pernambuco. Fevereiro

Igreja Rosário dos Pretos

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos do Pelourinho. Missa sincrética. Catolicismo. Candomblé. Afro Brasil. Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos. Salvador. Bahia. Construída no século XVIII.

Festa do Divino

Festa do Divino. Caixeiras do Divino. Pai Euclides Menezes Ferreira Talabyian. Caixeiras do Divino. Casa Fanti Ashanti. São Luís. Maranhão. Desde o século XIXe s.

Ritual de Tambor de Mina

Festa do Divino. Caixeiras do Divino. Pai Euclides Menezes Ferreira Talabyian. Caixeiras do Divino. Casa Fanti Ashanti. São Luís. Maranhão. Desde o século XIXe s.

Divino Espírito Santo

Festa do Divino. Caixeiras do Divino. Pai Euclides Menezes Ferreira Talabyian. Caixeiras do Divino. Casa Fanti Ashanti. São Luís. Maranhão. Desde o século XIXe s.

Festejo dos Santos e Orixás

Terecô de Codó. Festejo dos Santos e Orixás da Tenda Espírita de Umbanda Rainha Iemanjá. Umbanda. Afro Brasil. Bita do Barão. Codó. Maranhão. Desde o século XVIII.

Tambor de Mina

Tambor de Mina. Louvação aos Orixás, Voduns e Encantados. Pai Lindomar Saraiva Barros. Terreiro de Mina Dom Miguel. São Luís. Maranhão. Terreiro fundado há mais de 23 anos.

Chica Baiana e Maria Padilha

Incorporação. Terecô. Pedro de Oxum. Dona Chica Baiana & Dona Maria Padilha. Codó. Maranhão