OS ESPIRÍTOS DO BRASIL

UM FILME E PROJETO MULTIMÍDIA

DE VINCENT MOON E PRISCILLA TELMON


HÍBRIDOS é o retrato de um Brasil contemporâneo como laboratório de culturas e que inspira um caminho de comunhão para o mundo.

O projeto transmídia é um estudo etnográfico sobre aqueles que dão vida aos cultos religiosos no Brasil hoje, misturando tradição e modernidade. A proposta é de uma viagem musical à poesia dos homens e aos ritmos místicos do sincretismo, expressões mais profundas da alma brasileira.

O que significa para o homem “estar no mundo”? O que nos têm a dizer as pessoas que não romperam sua ligação com a terra ou aqueles que a retomaram? Essa é a história de uma nova forma de viver junto. Um novo modo de ser ainda a ser escrito pelas gerações futuras.​ ​

A experiência dos viajantes Priscilla Telmon e Vincent Moon, de se apaixonarem pelas crenças dos povos que encontram e pela sua relação com a Terra – que é inseparável da sua ligação com os espíritos – os trouxeram para o Brasil, certos de que algo de importante acontece aqui para as culturas do mundo.​Em forma de percurso espiritual, pontuado de paisagens e lugares sagrados, com toda a teatralidade dos ritos religiosos, fala de encontros que brotam pelo caminho.​

​Com a mesma linguagem poética dos filmes da coleção Petites Planètes, de Vincent, HÍBRIDOS quer proporcionar uma presença compartilhada, imediatamente transbordante, saturada de emoções, palavras, gestos, silêncios e intuições, captadas com a câmera no pulso.​

Em cada cerimônia, um mergulho orgânico na forma de cine-transe. Pontos, vetores, cantos místicos ou de cura levando à fusão do corpo e do espírito, a união de um grupo em uma prece.​ Por que suscitar esses encontros extraordinários?​ ​

Sem dúvida, para questionar os sentidos e explorar as vias - e as vozes – de acesso a uma verdade esquecida.​ ​


A viagem começa aqui, no contato com o outro, outro país, outros mundos.

VINCENT MOON

Fazendo parte da “nova geração de cineastas” segundo a Cinemateca Francesa, nascido na era digital e da internet, Vincent foi o principal diretor “Concerts à Emporter” do site La Blogothèque.

O projeto online de filmes musicais de bandas indie rock e outras populares, como R.E.M, Tom Jones e Arcade Fire, revolucionou o conceito de vídeo clipes e o jeito de filmar música em todo o mundo.

No Brasil, trabalhou com artistas como Gaby Amarantos, Tom Zé, Elza Soares e Ney Matogrosso. Desde 2009, Moon se dedica a seu selo nômade “PetitesPlanètes”.

Percorrendo o mundo, com sua câmera e seu computador na mochila, faz filmes etnográficos experimentais de forma independente, registrando cenas folclóricas, músicas sagradas e rituais religiosos disponibilizados na internet pela licença Creative Commons.

www.vincentmoon.com

PRISCILLA TELMON

Fotógrafa, escritora e cineasta, percorre o mundo em missões humanitárias e viagens de aventura.

Membro da Sociedade de Exploradores Franceses, se dedica a viagens longas que combinam história e aventura, rendendo homenagens à beleza e ao mistério dos países visitados. Sua paixão pela exploração e culturas antigas rendem reportagens, filmes e livros, atuando na imprensa escrita, no rádio e na TV.

Priscilla assina grandes reportagens sobre ecologia, sobre os últimos nômades e sobre o xamanismo.

Publicou “La Chevauchée des Steppes”, pela editora Robert Laffont, e “Carnets de Steppes”, sobre a sua travessia a cavalo durante sete meses do Kazaquistão ao Mar de Aral. Publicou ainda “Himalayas”, pela Actes Sud, e dirigiu o filme “Voyage au Tibet Interdit”, produzido pela Bonne Pioche e MK2, sobre a sua última expedição a pé e sozinha pelo Himalaia durante seis meses, seguindo os passos de exploradora Alexandra David Neel.

www.priscillatelmon.com

Em forma de percurso espiritual, pontuado de paisagens e lugares sagrados, com toda a teatralidade dos ritos religiosos, fala de encontros que brotam pelo caminho. Por que embarcar nesta odisséia? Por que suscitar encontros extraordinários? Por que se aproximar do invisível? Sem dúvida, para questionar os sentidos e explorar as vias - e as vozes - de acesso a uma verdade esquecida. Esses homens e mulheres são as balizas, as bases de uma humanidade que se perde, que se esquece e se distancia do sagrado. A ambição deste filme é compartilhar os questionamentos essenciais dessas pessoas e, quem sabe, identificar a sua descoberta fundamental, que pode nos revelar algumas de nossas razões para viver e morrer.


Esses homens e mulheres são as balizas, as bases de uma humanidade que se perde.

Esta aventura pelo sagrado preenche todos os sentidos. O documentário poético em longa metragem ‘cine-transe’ irá gerar filmes ‘Haikus’, álbuns musicais, um livro de fotografias, uma exposição itinerante; projeto de instalação contemplativa multimídia com projeções de vídeo, fotografia e áudio, no verão de 2017. Até lá, descubra a cada mês, nossos cartões postais sonoros para a Arte Radio.

descobrir Hibridos sobre "Arte Radio"

CONTACT

Se você quiser aderir ou apoiar o projeto
hibridos@hibridos.cc

Diretores

priscilla.telmon@gmail.com
vincentmoon@gmail.com

Produtora

abreufernanda@gmail.com

Credits

Um projeto de Priscilla Telmon e Vincent Moon

Produzido por Fernanda Abreu

Criação Web por Adrien Goua
Identidade visual por Julia Neiva